Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Books News

My Books News

Um cadáver na biblioteca - Agatha Christie

Há certos tipos de clichés característicos de determinados géneros de ficção. O "vilão sem medo" para o melodrama e o "cadáver na biblioteca" para o romance policial. Levei anos a amadurecer a possibilidade de uma "variação sobre um velho tema", que me parece adequada. Impus a mim própria algumas condições. A biblioteca em questão teria de ser altamente ortodoxa e convencional. Por outro lado, o cadáver seria obrigatoriamente enquadrado num índice de improbabilidade e sensacionalismo.

 

Capturar.JPG

Decidi ler este livro (que possuo na estante, mas que preferi ouvir em audiolivro) por recomendação de Steve Donoghue para o March Mystery Madness, um desafio literário com o objectivo de explorar um género literário que muitos consideram menor: policiais.

 

Graças à colecção Vampiro Gigante, passei a adolescência a ler Agatha Christie e o seu Poirot, mas realmente li muito pouco da Miss Marple.

 

Na biblioteca do coronel Arthur Bantry é encontrado um cadáver de uma jovem loura. O estranho é que ninguém conhece a jovem e menos porque o seu cadáver foi aparecer na biblioteca da família.

 

Um dos meus elementos preferidos foi o cinismo da Miss Marple e o rebuscado enredo. Mas esse "rebuscado" está demasiado próximo do inverossímil para o meu conforto.

Para mim, um bom policial surpreende, precisamente pela verossimilhança da resolução que nos escapou.

Capturar.JPG

 

Descobri uma adaptação para BD que adorarei ler.

Costumam ler policiais?

Wonder Woman - The Golden Age - Vol. 1 (1942-1943)

Durante muito tempo, pensei que a "Mulher Maravilha" e a "Super Mulher" eram a mesma coisa. Mas eu tenho uma sobrinha que é fã da Marvel que me corrigiu prontamente.

 

Depois foi o filme - Professor Marston and the Wonder Women  - sobre a criação de Wonder Woman pelo seu autor William Moulton Marston, personagem igualmente fascinante.

É absolutamente inquestionável o carácter inovador e feminista da obra. Marston não se limita a criar uma super heroína ao nível dos super heróis masculinos, ele coloca a mulher acima do homem e verdadeiramente como a salvadora de um mundo corrompido pelo sexo oposto.

Mais, a liberdade com que introduziu BDMS na BD, é surpreendente, se pensarmos que estamos a falar de uma obra dos anos 40.

O que não envelheceu particularmente bem foi toda a forma como são retratados os estrangeiros e, em especial, os negros e asiáticos (independentemente do país de origem). Rostos deformados e textos ofensivos, não faltam.

 

Eu só posso imaginar como terá sido, para uma geração de meninas, finalmente ter uma heroína, em 1942, logo após a entrada dos EUA na 2ª Grande Guerra Mundial.

A partir daí, tudo seria diferente e milhares de mulheres sairiam dos seus núcleos familiares, para ingressarem no mundo do trabalho, ocupando profissões até então reservadas ao masculino.

Essa força laboral feminina, massificada, viria resultar em mudanças culturais irreversíveis, ainda que com retrocessos.

 

Como livro, é uma sucessão de histórias muito repetitivas (nem a baronesa morre, nem a gente almoça) com pouco conteúdo que seja intemporal.

Honestamente, acho que é um dos casos em que ficam melhor servidos com os filmes. :)

IMG_20210308_205149_627.jpg

Lidos em 2021

Janeiro

1. Children's Stories - Oscar Wilde Audio, Scribd

2. All Systems Red - The Murderbot Diaries #1- Martha Wells Audio, Scribd

3. Artificial Condition - The Murderbot Diaries #2 - Martha Wells Audio, Scribd

4. Rogue Protocol - The Murderbot Diaries #3 - Martha Wells Audio, Scribd

5. Exit Strategy - The Murderbot Diaries #4 - Martha Wells Audio, Scribd

The future of work - The Murderbot Diaries #5 - Martha Wells WWW, conto

6. Network Effect - The Murderbot Diaries #6 - Martha Wells  Audio, Scribd

Home Habitat, Range, Niche, Territory - The Murderbot Diaries # 7 WWW, conto

7. The Kiss Quotient - Helen Hoang Audio, Scribd

8. The Bride Test - Helen Hoang Audio, Scribd

9.The Secret to Superhuman Strength - Alison Bechdel WWW, NetGalley

10. No-Waste Composting - Michelle Balz WWW, NetGalley

11. Contos de Dorothy Parker - Dorothy Parker biblioteca pessoal

12. Milk and Honey - Rupi Kaur Audio e texto (em simultâneo), Scribd

 

Fevereiro = 0

Os Miseráveis - Victor Hugo [desisti]

Joy at Work: Organizing Your Professional Life - Marie Kondo [desisti]

 

Março

13. A Room of One's Own - Virginia Wolf biblioteca pessoal

14. Wonder Woman - William M. Marston biblioteca pessoal

15. A body in the library - Agatha Christie Audio, Scribd

 

Abril

16. Suite Francesa - Irène Némirovsky biblioteca pessoal

17. Meias de seda - Kate Chopin biblioteca pessoal

18. Jack - Marilynne Robinson Audio, Scribd

19. Fugitive Telemetry - Martha Wells  Audio, Scribd

 

Livro do desassossego - Fernando Pessoa [A ler] biblioteca pessoal

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

subscrever feeds

SCRIBD - 1 mês grátis para mim e 2 para vós

Se decidirem fazer uma inscrição grátis no SCRIBD, poderiam utilizar o meu convite? Eu receberei 1 mês grátis e a/o convidada/o receberá 2 meses grátis, em vez dos habituais 30 dias grátis.https://www.scribd.com/g/62ck8b