Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Books News

My Books News

Diário de um sábado especial #2

12h00

Depois de namorar o delicioso desafio literário: #MLLivropólio, continuo a questionar-me se vou participar. 

O facto de um dos desafios consistir em fotografar os livros candidatos à leitura obriga-nos a recorrer às nossas estantes, o que não é nada mau. 

Ler o que tenho, deveria ser uma prioridade.


Porém, já tenho tantos objectivos de leituras, não iria ser tanto um desafio para novas leituras, mas mais um enquadrar o que já estou a ler, só para dizer que participo.

A prova disso é que apenas nos primeiros dois dias já concluí três dos desafios de leitura: um livro de contos, um romance e um livro à escolha. E hoje devo terminar um quarto.

13h20

Almocei enquanto ouvia um discurso importante de Marcelo Rebelo de Sousa. Um dos meus objectivos é filtrar as notícias actuais para o que considero importante, em oposição ao que me é oferecido.

Pergunto-me quantos/as de nós conhecem o que está em causa, nos conflitos armados que determinam a presença de militares portugueses em missões no estrangeiro, e que ele foi elencando. Certamente que eu não. Assim como compreendo muito pouco as causas da mobilidade humana. Uma falta que gostaria de colmatar.

Resisti à tentação de avançar para a 2ª semana do #Sherlocktober, até porque quero escrever sobre a primeira.

14h30

Comecei um novo livro, parei e dormi uma longa sesta.

16h30

Voltei às leituras. 


Não estava certa que iria ler o livro de contos de Annemarie S., mas o primeiro deixou-me convencida que não deveria deixar passar a oportunidade. 

Prometo que falarei de ambos num post dedicado.  



Anne McCaffrey - Dragonriders of Pern

Anne McCaffrey foi a primeira escritora (mulher) a ganhar os prémios literários Hugo e Nebula, ambos com a sua série Dragonriders of Pern. 

A série compreende mais de 20 livros, com diferentes interligações e cronologias, pelo que fiquei sem saber como começar. 

Inicialmente, eu só tinha um dos livros, descoberto numa loja solidária, mas depois desta foto não descansei enquanto não arranjei o resto. 

Após algumas pesquisas no BookTube, fiquei convencida que a ordem correcta para começar na série, seria:

O voo do dragão (1968) 
A demanda do dragão (1970) 
A canção dos dragões (1976) 
A cantora dos dragões (1977)  (o 2º volume já me espera numa livraria) 
Os tambores dos dragões (1979)


Na colecção Argonauta, O voo do dragão (1968) e A demanda do dragão (1970) estão compilados em três partes do "O Planeta dos Dragões".

Já li o primeiro volume e apesar das dificuldades iniciais, que sempre temos ao conhecer novos mundos, em especial na ficção científica, a verdade é que rapidamente a leitura se tornou imersiva e muito rápida.