Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Books News

My Books News

Não resisti a espreitar o diário de Kafka

diários de franz kafka.jpg 


Na minha visita à biblioteca, não resisti uma pequena leitura de algumas entradas dos diários de Franz Kafka. Esta edição da Relógio de Água reproduz os cadernos e folhas soltas de diários e diários de viagem que Kafka escreveu entre 1909 e 1923. 


Está tudo lá, desde entradas sobre a miserável rotina, as idas ao bordel ou contos. Há repetição de entradas, escritas de formas diferentes. 



Passei pelo bordel como quem passa pela casa de uma mulher amada.



Há a angústia do escritor, mas também do ser humano:



Nunca conseguirás nada se te abandonares a ti mesmo, mas pensa em tudo o que te faltará se ficares dentro do teu próprio círculo.



E até desenhos.


Uma amálgama como, na realidade, é a vida de todos nós.