Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Books News

My Books News

Clube dos Clássicos Vivos - Moby Dick - 10 de 14

Em Agosto li Moby Dick, juntamente com as/os restantes membros do Clube dos Clássicos Vivos, moderado pela Cláudia Oliveira (A mulher que ama livros).


.



Quem me dera que Deus perpetuasse estas santificadas quietudes! Mas os díspares e entrosados fios da vida são tecidos por urdidura e trama: as calmarias são cruzadas por tempestades e a tempestade por cada calmaria. Não existe nenhum progresso fixo de retrocesso nesta vida; não progredimos por meio de gradações constantes e, na última, paramos: através do período encantado e inconsciente da nossa infância, da irreflectida fé da adolescência, da dúvida da adolescência (o vulgar destino), seguido pelo cepticismo, depois pela descrença restando por último o repouso ponderado e reflectivo do "se" da fase adulta. Depois de passar por todas estas fases, voltamos a percorrer o mesmo caminho e somos crianças, jovens, adultos e "ses" por todo o sempre. 



(capítulo 114)