Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Books News

My Books News

A visita do Brutamontes - Jennifer Egan

9789897220043.JPG


 


Tomei conhecimento deste livro como sendo um antecessor do Interessantes de Meg Wolitzer. Como planeava ler este último, decidi começar pelo primeiro.


Uma das coisas mais interessantes (não resisti) neste livro é a estrutura pouco convencional (não quero dizer inovadora porque os meus conhecimentos de literatura não o permitem).


 


Eu poderia começar por falar das personagens que são muitas, ricas e cujas ligações fazem deste livro um verdadeiro prazer - confuso, mas prazenteiro. Mas em vez de escrever, publico o genial gráfico da TessieGirl que é tão genial como o seu gráfico (se não acreditem, passem um bocadinho de tempo na página dela).


 


As relações entre todas estas personagens são a vida materializada em páginas de livros. Não há frases magníficas e citáveis, não há grandes e rebuscados enredos, só o brutamontes que não perdoa ninguém. Surpreendeu-me a consistência do livro. Apesar de haver duas personagens centrais, o livro não se centra nelas e todas são igualmente coesas e ricas. 


 


É um livro sobre pessoas. Sobre pessoas reais. Umas melhores que outras. É um livro sobre o passar do tempo, sobre o que é ser adulto. É um livro situado num local e num tempo, mas com um discurso universal. 


 



 


O livro tem pequenos capítulos em que dá enfoque a cada uma das personagens, de uma forma ou outra. Isso leva a que tenhamos conhecimento dos eventos por perspectivas diferentes - algumas bem surpreendentes. 


Uma tentação que me fez "lutar" um pouco com o livro, na sua fase inicial, foi a tentar dar ordem ao livro - quem é quem, cronologia. Quando percebi que era inútil, o livro fluiu.


 


Algo que nunca tinha visto antes foi ler o destino de várias personagens ser adiantado logo nas apresentações, como se a escritora quisesse dizer-nos pontualmente que não era um desses livros. Depois, quando finalmente me habituava a isso, surgem notas de rodapé a ocupar metade de uma página. E o capítulo em powerpoint? 


 


Se querem um livro "fora da caixa", é um excelente começo.