Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Books News

My Books News

A terra bendita - Pearl S. Buck

terra.gif


 


Pearl S. Buck foi uma escritora norte-americana que cresceu na China e por isso escreveu sobre o que conhecia, como a própria refere num prefácio.


E o que conhece é uma China, no declínio das dinastias imperiais à revolução comunista. Na verdade, acompanharemos o lavrador Wang Lung desde o dia do seu casamento (estará nos 20 anos) até aos seus 70 anos de vida.


Com Terra Bendita, Pearl S. Buck venceu o prémio Pulitzer para ficção em 1932 e viria a vencer o Prémio Nobel da Literatura em 1938.


 


 


Wang Lung é um jovem trabalhador rural que vive com o seu pai. Por ser pobre e não poder responder aos custos de um casamento segundo as tradições da sua classe (nomeadamente o dote), casa com uma escrava (O-lan) de uma grande casa. 


O-lan será a esposa submissa e trabalhadora como convém a um pobre lavrador e será o orgulho de Wang Lung. Aliás, a cumplicidade entre ambos é notória, pelo menos no início das suas vidas. 


 



Voltavam ao trabalho sempre juntos... e juntos arrancavam o fruto daquela terra... em silêncio e em uníssono.



 


A vida destes trabalhadores rurais pobres é dura e dependente dos deuses que regulam os céus - secas, cheias e até pragas de gafanhotos. Os períodos de fomes são cíclicas e levam a que a família se desloque para uma cidade no Sul para viver da mendicidade, sempre com  o sonho de retornar à terra. 


 



Não tinha pensamento nem sentimento distintos, percebia apenas esta perfeita simpatia de ritmo com que revolviam a sua terra e a expunham ao sol, esta terra que formava a sua casa, sustentava os seus corpos e honrava os seus deuses. 



 


É também um livro sobre as mulheres, das escravas às donzelas de pés atados, ambas a serem transaccionadas pelos homens - dadas ou trocadas em casamento, vendidas, denominadas de escravas assim que nascem, mortas à nascença, se assim for necessário. E é dos filhos, aqueles que não vêm a terra como fonte de vida, mas de rendimentos, que não lhe têm o amor e o apego de quem as lavrou e que a vendem assim que podem.


 


Li este livro de uma assentada. Comecei depois do jantar e só consegui parar às 4 da manhã, na última página. A escrita de Pearl S. Buck é elegante a as suas personagens incrivelmente ricas, evoluindo ao longo do livro, ou melhor dizendo, ao longo das suas vidas e à medida que as suas circunstâncias mudam.


 


Terra Bendita é o primeiro livro de uma triologia que acompanha a família Lung. Seguem-se Os filhos de Wang Lung e Casa Dividida.


 



Agora, depois de ter entrado em contacto com outras gentes, vejo que Wang Lung e O-lan não são apenas chineses, mas criaturas humanas.


Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

SCRIBD - 1 mês grátis para mim e 2 para vós

Se decidirem fazer uma inscrição grátis no SCRIBD, poderiam utilizar o meu convite? Eu receberei 1 mês grátis e a/o convidada/o receberá 2 meses grátis, em vez dos habituais 30 dias grátis.https://www.scribd.com/g/62ck8b