Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Books News

My Books News

A minha biblioteca e a leitora que há em mim

Nunca contei os livros nas minhas estantes. São muitos. São livros para me ocuparem uns bons anos de leitura. 


Há anos que me debato entre ter uma biblioteca minimalista e querer deixar a minha biblioteca como legado. Ainda não me decidi.


Não tenho um registo dos livros que possuo e muitas vezes hesito em saber já tenho determinado livro.


Tenho um diário de leituras onde anoto os livros que leio, citações desses livros, os livros cujas recomendações achei interessantes, livros que quero ler, desafios de leitura... listas e listas de livros.


Sou tão geek que gosto de fazer gráficos sobre as características dos livros que leio.


A minha estante é predominantemente de ficção na forma de romance, mas com muitos mais clássicos que romances contemporâneos. 


Gosto de livros de não ficção.


Ouço audiolivros (que prefiro para o género não ficção).


Consigo ler e ouvir livros em inglês (o que me poupa muito dinheiro).


Não acho piada ao GoodReads.


Estive a "medir" quantas páginas lia em 30 minutos... 28 páginas num romance de leitura "fácil". Há livros mais densos em que sei que essa média está muito longe de ser verdadeira. 


Gosto de ler calhamaços que, para mim, são livros com mais de 500 páginas.


Tenho muitos livros preferidos.


Leio mais que um livro ao mesmo tempo, mas de géneros diferentes (por exemplo, um romance + um não ficção).


Adoro requisitar livros em bibliotecas públicas.


Apesar de me reconhecerem como uma leitora, raramente recebo livros como presentes. E quando recebo, raramente é um livro que eu gostaria. Frequentemente recebo livros românticos, simplesmente porque sou uma mulher. Isso chateia-me à brava.


Gosto de ler diversamente e por isso desafio-me a novos autores ou géneros. 


Este ano abandonei um grande preconceito literário: novelas gráficas. Adorei Blankets, Habibi (ambos de Craig Thompson) e Persepolis (Marjane Satrapi).


Não tenho conhecimentos que me permitam fazer análises literárias. Francamente, por vezes tenho alguma dificuldade em expressar porque gostei ou não deste ou aquele livro. Mais, tenho grande dificuldade em condensar um livro num texto de meia dúzia de linhas. Sou apenas uma leitora, não uma crítica literária.


Se deixo um link para o livro numa loja ou editora, faço-o para ser informativa e não para publicitar. Se publicar alguma promoção é para informar, porque também gosto de promoções em livros. Excepto quando não posso/devo comprar, nesse caso irrita-me.


Gosto de comprar livros, mesmo que não seja para os ler já.


Gosto de livros como objectos, pelo que sou bastante tentada por uma colecção com uma bela capa.


Eu sublinho e faço anotações em livros que gosto muito (e que não considero ceder).


Gosto de reler livros, especialmente clássicos que li quando era demasiado jovem para os apreciar.


Há dezenas de livros que me envergonho de nunca ter lido.