Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Books News

My Books News

A fase dos policiais

As minhas leituras tendem a correr muito próximo dos meus estados de espírito. Quanto maior a instabilidade e insatisfação a nível pessoal, maior a necessidade de ler livros que restituam a ordem. No meu caso, essa ordem é restituída pela leitura de policiais e romances "de cordel", já que ambos oferecem um garantido final feliz/resolvido, com fita de embrulho incluída. 


 


Coincidência ou não, ambos os géneros foram leituras frequentes da minha adolescência. Entre esses, o destaque é mesmo para os livros de Agatha Christie, em particular com o mítico Poirot, nas igualmente míticas colecções dos livros da Editora Brasil.


 


Espero um dia reler toda a obra da autora, incluíndo o que escreveu sobre o pseudónimo de Mary Westmacott, que não são policiais. Em especial o Absent in a Spring, aquele que Agatha Christie diria na sua autobiografia ser o livro que sempre havia querido escrever:


It was the picture of a woman with a complete image of herself, of what she was, but about which she was completely mistaken. Through her own actions, her own feelings and thoughts, this would be revealed to the reader. She would be, as it were, continually meeting herself, not recognising herself, but becoming increasingly uneasy. What brought about this revelation would be the fact that for the first time in her life she was alone – completely alone – for four or five days.


(fonte)


 


A ler: O assassinato de Roger Ackroyd - Agatha Christie 


 


Uma vida, dois destinos / Mary Westmacott


BMFE  82-312.4 CHR