Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Books News

My Books News

A colecção privada de Acácio Nobre - Patrícia Portela

13_capa acacio


Estava pousado numa mesa de destaques da biblioteca. Li a contracapa:



Fui recolhendo, ao longo de 16 anos, cartas, diários, testemunhos, maquetas de jogos e armadilhas de Acácio Nobre (1869?-1974), um construtor de puzzles geométricos visionário no século XIX que uma ditadura silenciou no século XX e (quase) eliminou de uma História que ainda assim influenciou, de forma subtil e anónima, introduzindo uma marca indelével e inevitável nos séculos vindouros, como o nosso.



Cismei com o nome desta autora que nunca li.


Lembrei-me, que era a que tinha escrito uma crónica no Jornal de Letras, sobre uma orca, que me impressionou. Na altura (vi mais tarde) anotei uma descrição de Miguel Real e fiz um post para memórias futura: "A mais desconcertante das novas escritoras portuguesas".


 


Não sabia o que me esperava. Pensei que fosse um ensaio biográfico ou livro de memórias. A melhor descrição que encontro para ele é a que foi feita para um outro, da mesma autora: "objecto-literário-não-identificável" (Raquel Ribeiro, Ípsilon Público).


 


Todo o livro é um catálogo anotado do espólio de Acácio Nobre, uma interessante personagem (fiquei muito desiludida por descobrir esse facto, diga-se de passagem) nascida em 1869, que se vai cruzando com Fernando Pessoa, Melville e outras do mesmo calibre.


 


Um vanguardista, fazia inventava jogos e escrevia inúmeros ofícios a responsáveis do país, defendendo a implementação dos Kindergarten (os percursores dos actuais infantários), criado pelo pedagogo Friedrich Fröbel; era também alguém que fugia da PIDE e tinha um clube no seu nome - C.A.A.N. - Clube dos Amigos de Acácio Nobre.


 


E, aparentemente, também tinha amigas:



Ao que parece, Nobre traz sempre uma corrente de relógio no seu bolso, não com um relógio mas com uma jóia que "faz", e estou mais uma vez a citar, "as delícias mais íntimas das mulheres"



Além de vanguardista, era deliciosamente anti-corrente:



Acácio Nobre sempre escreveu "como cheria e lhe apetecia" (...) sobretudo para fintar qualquer purista ou simplificador "ser litherário que ouzasse domar uma lengua tão selvagem"


 



Acreditem que vão querer conhecer esta surpreendente personagem e o incrível universo de Patrícia Portela.


 


 


A leitura de Patrícia Portela veio validar a minha resolução de afunilar as minhas escolhas literárias por períodos de tempo determinados. Isso tem levado a que leia de forma mais intencional, explore novas/os autoras/es e me continue a surpreender com as descobertas.

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

SCRIBD - 1 mês grátis para mim e 2 para vós

Se decidirem fazer uma inscrição grátis no SCRIBD, poderiam utilizar o meu convite? Eu receberei 1 mês grátis e a/o convidada/o receberá 2 meses grátis, em vez dos habituais 30 dias grátis.https://www.scribd.com/g/62ck8b