Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Books News

My Books News

Fundação, de Isaac Asimov

Ainda não li (nem tenho um exemplar) de Fundação, de Isaac Asimov, a última escolha do Clube dos Clássicos Vivos (Março/Abril).

 

Mais, sabendo ser uma série, andei à procura de informação adicional e  descobri que o autor, num dos 7 livros da série Fundação, escreveu uma nota em que recomendava que a série fosse lida por ordem cronológica da história e não da sua publicação:

 

1. Prelúdio à Fundação - Prelude to Foundation BMG

2. Origens da Fundação - Foward the Foundation BMFE

3. Fundação - Foundation BMG BMAG

4. Fundação e Império - Foundation and Impire BMFE

5. Segunda Fundação - Second Foundation BMFE  BMG BMAG

6. Limites da Fundação - Foundation´s Edge

7. Fundação e Terra - Foundation and Earth

Estratégia para comprar mais livros por menos dinheiro

Eu adoro comprar livros para as minhas sobrinhas (e para mim), por isso, tento maximizar as minhas compras aproveitando todas as promoções. 

 

Uma das minhas estratégias é ficar atenta à data de publicação de livros que me interessam. Depois de passarem os 18 meses do preço fixo, é possível que apareçam com alguma promoção de 40% ou 50% e nessa altura compro-os.

 

Por exemplo, há dois livros que me interessam muito, que sairam em Setembro de 2017 e que passam a poder ser vendidos fora do preço fixo.

Capturar.JPG

Daqui

Este é um dos livros vencedores da medalha Newbery, que distingue a contribuição de um/a autor/a para a literatura infantojuvenil norte-americana.

Capturar.JPG

A gente de July - Nadine Gordimer

Nadine Gordimer, sul africana, venceu o Prémio Nobel da Literatura em 1991. Foi também uma activista anti-apartheid e A gente de July (1981) foi um dos livros banidos pelo regime.

 

Ficará para leituras futuras um segundo livro banido - Burger's Daughter - que não consegui arranjar e que seria a leitura do #NobelWomen de Março.

 

Voltando a A gente de July (1981), não admira que a obra tenha sido banida porque a história ficcionava o fim do apartheid através de uma revolta civil em que os negros derrotavam o regime através de violência.

 

Durante a revolta e temendo pelas suas vidas, uma família liberal decide fugir com os seus filhos, ajudada pelo seu criado - July, que os leva para a sua aldeia nativa, embrenhada na floresta, onde vive a sua família.

 

Os habitantes da aldeia acolhem os estranhos brancos, com um misto de sentimentos e a família vê-se obrigada a uma nova vida, numa casa de terra batida, em que os assentos de um jipe são a cama dos filhos. Entre os patrões e o criado, surgem novas formas de relacionamento, tensões e forças de poder.

 

Com apenas 189 páginas, este livro é um retrato vivido dos conflitos da África do Sul, sem que Nadine Gordimente tenha deixado descurado a humanidade, com personagens a serem confrontadas com memórias do passado e decisões que afectam o seu futuro e até a sua sobrevivência.

 

Depois de ler O Convervador, com que a autora venceu o Man Booker Prize, pensei que tivesse lido o melhor da autora, mas A gente de July fez-me querer ler toda a sua obra, algo que o primeiro não conseguiu.

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

subscrever feeds

SCRIBD - 1 mês grátis para mim e 2 para vós

Se decidirem fazer uma inscrição grátis no SCRIBD, poderiam utilizar o meu convite? Eu receberei 1 mês grátis e a/o convidada/o receberá 2 meses grátis, em vez dos habituais 30 dias grátis.https://www.scribd.com/g/62ck8b