Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Books News

My Books News

Na minha lista de natal excêntrica-que-ganhou-o-euromilhões está a revista Imbondeiro

1



O imbondeiro é considerado uma árvore sagrada, inspirando poesias, ritos e lendas. Segundo uma antiga lenda africana, por exemplo, uma vez que um morto seja sepultado dentro de um imbondeiro, a sua alma irá viver enquanto a planta existir. Também se diz que a alma dos mortos se pendura nos seus ramos. Curiosamente, essa árvore tem uma vida muito longa, podendo chegar até seis mil anos. 



Blog de um combatente em Ultramar, que fez um texto belíssimo sobre esta árvore


 


Baobab_and_elephant,_Tanzania


Soube da existência desta revista (e de que se tratava de uma árvore), quando um livreiro antiquário de Coimbra (Miguel Carvalho), na Feira do Livro do Porto, teve a gentileza de me ensinar um pouco sobre como começar a ler literatura africana, em especial das ex-colónias.


Mais, fui ao ponto de me atrever a especificar que estava interessava na literatura indígena, não na visão dos colonizadores. E nem isso o demoveu de gentilmente me ceder o seu tempo.


 


Mas não é a única revista de referência. Foi-me também sugerido que lesse "os poetas da Claridade". Ora, a Claridade foi uma revista cabo-verdiana, lançada de 1936 e esteve "no centro de um movimento de emancipação" da sociedade cabo-verdiana*.


 


Saí desse momento com uma consciência do que não sabia e com a certeza que irei encontrar uma literatura riquíssima, se continuar a explorar a literatura africana de países de expressão portuguesa.

Ler não ficção em Novembro


 


Novembro é para o #NonfictionNovember2017. Cada vez mais, tenho apreciado a leitura de não ficção, para além daquela que tenho de ler por razões profissionais. E muito se deve a estas duas booktubers: Olive (abookolive) e Gemma (Non Fic Books).


 


Este ano, como sempre, o objectivo é ler + não ficção, mesmo que isso signifique ler apenas um livro. Para quem gosta de desafios, há quatro temas/desafios cuja interpretação é livre.



Porque, em simulâneo, é o mês Ler os Nossos (organizado pela Cláudia), que aliás coincide com o meu desafio anual, vou tentar ler não ficção lusófona que tenho na estante. É um 3 em 1.


 


Mas tentar não é conseguir e francamente prefiro passar Novembro a ler sem grandes planos.


 


Ainda assim, os meus (na estante), que são nossos (portugueses) e são não ficção:


 


Casa


Sugestões: sobre a vida familiar, sobre uma cidade ou pais, memórias sobre voltar a casa, tem a palavra casa no título


 


12


 


Substância - poderá ser sobre conhecimentos, no sentido de os consolidar, sobre uma substância em particular ou então sobre pessoas de substância.


1


 


23


Mulheres de substância - Heroínas Portuguesas + Portuguesas com história


Ensaio de substância - Em busca da identidade


Homem de substância - Diálogos com Agostinho da Silva


 


Amor - sobre relações amorosas, o amor em especial ou sobre um tópico que amas


1


 O mistério dos mistérios: uma história breve das teorias de reprodução humana


 


 Conhecimento - poderão ser obras académicas, aquelas que teremos de fazer profissionalmente/escolarmente, para aprofundar um tema ou tão simplesmente conhecimento enquanto aprendizagem


1


 


Claramente não me faltam boas opções de escolha. 

Pág. 5/5

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

subscrever feeds

SCRIBD - 1 mês grátis para mim e 2 para vós

Se decidirem fazer uma inscrição grátis no SCRIBD, poderiam utilizar o meu convite? Eu receberei 1 mês grátis e a/o convidada/o receberá 2 meses grátis, em vez dos habituais 30 dias grátis.https://www.scribd.com/g/62ck8b